segunda-feira , 11 dezembro 2017

Corregedoria da Polícia Militar vai investigar se sargento preso usou internet dentro do Presídio Militar

A corregedoria da Polícia Militar do Espírito Santo vai abrir procedimento para apurar se houve uso de dispositivo conectado a internet dentro do Presídio Militar; Natalino Fernandes Botelho, sargento aposentado da PM foi condenado a 26 anos e 9 meses em regime fechado e cumpre pena no Presídio Militar, nessa terça-feira (28), ele teve alteração em sua página no Facebook, além da mudança da foto de perfil com tema de natal, foi feita a exclusão de mensagens postadas, inclusive da última mensagem postada citando a Lei Maria Penha, um dia antes do assassinato de sua esposa, Nadia Guerra, morta a tiros dentro do quarto do casal em março do ano passado, em seu julgamento ele negou o crime.

(Reprodução/Facebook)

A então atualização do Facebook de um detento chamou a atenção de internautas que enviaram sugestão de pauta para o Portal Momento, entramos em contato com a Assessoria de Comunicação da Polícia Militar e por meio de nota fomos informados que o Presídio Militar não disponibiliza de computadores com acesso à internet para os internos. A utilização de celular e redes sociais é terminantemente proibida. A assessoria disse ainda que é muito comum que familiares administrem redes sociais durante o período de reclusão, e que o caso será encaminhado para a corregedoria da PMES e a administração do presídio para apuração dos fatos, e verificar se houve acesso á rede social de dentro do presídio.

O advogado Arlis Schmidt, de defesa do Sargento Natalino explicou que: “Se houve alguma alteração no Facebook dele, com certeza ele passou sua senha para alguém, pois onde ele está preso ninguém tem acesso a qualquer dispositivo eletrônico”,  Questionado se seu cliente recebe visitas, o advogado disse: “Recebe sim, inclusive tem um amigo dele que tem procuração para gerir todos os seus negócios”, disse o advogado de defesa.

 

Confira Também

Acusado de tráfico em São Gabriel é preso em Minas Gerais

A Polícia Civil de Minas Gerais efetou na prisão de Marcio Bueno Penha Santos, 43 ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *